cruzeiro, adilson batista

A estreia do Cruzeiro na Copa do Brasil de 2020 terá um gostinho especial para o técnico Adilson Batista. Nesta quinta-feira (13) quando a Raposa entrar no gramado do estádio Canarinho para enfrentar o São Raimundo, de Roraima, o treinador, mesmo com quase 200 jogos à frente do time celeste, comandará a equipe pela primeira vez na Copa do Brasil.

Em sua primeira passagem no clube entre 2008 e 2010 o técnico não participou de nenhuma partida da Copa do Brasil. É que nesses três anos o Cruzeiro disputou a Copa Libertadores da América e, naquela época, o time que disputava a competição continental ficava ausente do mata-mata nacional. 

Vice-campeão da América com o Cruzeiro em 2009, Adilson Batista tenta recuperar em sua segunda passagem pela Toca II o prestígio que conquistou em outrora. Para isso precisará superar, dentre seus desafios pessoais, o de comandar um time mais modesto, em reconstrução, sem grandes estrelas e recheado de garotos.

Contra o São Raimundo/RR o treinador chegará ao jogo de número 178 como treinador do Cruzeiro, isso contando as duas passagens pelo clube. o retrospecto de Adilson Batista soma cem vitórias, 35 empates e 42 derrotas, com 332 gols a favor e 201 contra.