O lateral-direito Marcos Rocha, do Atlético, procurou valorizar - em entrevista coletiva nesta segunda-feira, em Belo Horizonte - a disputa da Copa da Primeira Liga, torneio pelo qual o time alvinegro enfrentará o Internacional, nesta quarta, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela fase de quartas de final. Mesmo reconhecendo o apelo menor para o torcedor, o defensor destacou a importância de encarar o jogo com a máxima seriedade.

"Importante você disputar mais um jogo com a força máxima, independente de ser campeonato de menor expressão, que está começando agora. Está todo mundo focado para jogar contra uma grande equipe que é o Internacional depois de uma vitória. E é importante para continuarmos dando sequência ao trabalho do Micale (Rogério, treinador) para a gente ajustar os detalhes e se acertar no Campeonato Brasileiro. A gente está representando a instituição Clube Atlético. E quem for (escalado) na quarta-feira tem que fazer um grande jogo e procurar passar de fase", garantiu o lateral-direito.

Os jogadores do Atlético se reapresentaram no CT da Cidade do Galo, em Vespasiano, região metropolitana de Belo Horizonte, nesta segunda-feira, um dia depois da vitória por 2 a 1 - de virada - sobre a Ponte Preta, pela 22.ª rodada do Brasileirão, no último domingo, em Campinas (SP).

O zagueiro Gabriel, que sentia dores na região das costelas e havia desfalcado a equipe nas duas últimas exibições no Brasileirão (Ponte Preta e Fluminense), treinou normalmente com os companheiros e deverá estar à disposição de Rogério Micale para o jogo contra o time colorado.

Já o meia Valdívia deverá participar do confronto devido a um acordo entre o Atlético e o clube gaúcho. O jogador, emprestado ao time atleticano pelo Internacional, não iria atuar, mas uma nova decisão liberou a presença dele em campo, assim como a do atacante Carlos pelo clube gaúcho.