A ansiedade pela estreia já passou, assim como a do primeiro gol com a camisa do Cruzeiro. Agora, outro objetivo ronda os pensamentos de William Pottker. Após cumprir suspensão, por conta de uma expulsão diante do Guarani, o atacante visa à quebra de um tabu: adversária dos celestes na terça-feira (24), às 21h30, na Arena Condá, a Chapecoense ainda não perdeu dentro de seus domínios nesta Série B do Brasileiro.

"Tive o privilégio de estrear com uma vitória fora de casa contra o Botafogo-SP. E estreei no Mineirão fazendo gol (nos 3 a 3 com o Guarani). Porém, sabemos que o Cruzeiro precisa vencer para alcançar os objetivos. Fiquei feliz pelo gol, mas faltou termos conseguido as vitórias em casa (referindo-se aos empates com o Bugre e o Figueirense, nos dois últimos duelos). Esperamos agora quebrar a invencibilidade da Chapecoense lá. No futebol, nada é para sempre, e vamos buscar os três pontos", comentou o avante.

Ainda não se sabe como Felipão vai armar o setor ofensivo cruzeirense para o próximo confronto. No entanto, Pottker se mostra entusiasmado em ter a companhia de Rafael Sóbis em campo.

"O Sóbis é um cara muito do bem. No nosso meio, quando alguém conquista muito (título), há quem possa se achar o maioral. Mas o Sóbis, assim como outros com quem trabalhei, tem humildade. Eu o conheço desde o Internacional, é um cara batalhador e que sempre busca mais. Admiro o que conseguiu no futebol e também pela pessoa simples e inteligente que é", disse.

Adaptação

Apesar de ter feito apenas duas partidas pelo Cruzeiro, até agora, Pottker já se sente em casa. "Já se passaram três semanas, tempo suficiente para se adaptar. Estou bem ambientado com o grupo e o clube. Daqui para frente, temos que nos dedicar ainda mais", afirmou.

E promete o mesmo empenho demonstrado neste início de trajetória na Raposa. "A partir do momento em que estou dentro de campo, represento o Cruzeiro. É meu trabalho. Não interessa se ganhando ou perdendo, temos sempre que representar o Cruzeiro da melhor forma possível, trabalhando e nos dedicando. Procuro exercer minha profissão da melhor maneira, dentro das minhas características", declarou.

Cruzeiro