cruzeiro, toca 2

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) liberou o Cruzeiro para retomar atividades na Toca II. O secretário municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto, vai elaborar um documento a ser enviado ao clube com paramêtros de segurança que serão exigidos para que os treinos possam ser retomados no centro de treinamento da Raposa.

A informação do "ok da prefeitura" foi adiantada no O Tempo e confirmada pelo Hoje em Dia com a assessoria de imprensa do Executivo Municipal. No começo da tarde a Rádio Itatiaia já informava, por meio de entrevista do próprio secretário de Saúde, a chance de retomada das atividades esportivas no CT azul.

Leia mais
Após liberação da PBH, Cruzeiro pretende em até 48h iniciar testes para retorno aos treinos

Conforme o Hoje em Dia informou nesta quarta-feira (13) o diretor do departamento médico do Cruzeiro dará início ao protocolo de segurança sanitária para que testes do Covid-19 sejam feitos em atletas, membros da comissão técnica, staff administrativo (que será reduzido em um primeiro momento na Toca II), e se necessário familiares e parentes de atletas.

"Já temos todo o protocolo de segurança pronto e isso nos adianta para esse retorno. Acredito que em até 48 horas consigamos, após a liberação, dar start nos exames médicos com aqueles que estarão conosco no dia a dia", disse Campolina ao HD.

O Cruzeiro, até segunda-feira, deve iniciar esses testes. A ideia é que tudo esteja pronto para o testar os atletas em 48 horas, como previu o médico Sérgio Campolina. 

Em seu site oficial o Cruzeiro explicou quais as diretrizes a serem cumpridas de acordo com demanda da prefeitura ao clube: "o retorno gradativo de funcionários que sejam de extrema necessidade para a execução das atividades, monitoramento de possíveis sintomas como tosse, febre, dor de garganta e coriza, higienização reforçada de todos os ambientes e a manutenção contínua dos reservatórios de água e climatização", diz parte do texto.

O último treinamento na Toca II aconteceu no dia 18 de março. Integrantes do Conselho Gestor, dos departamentos de futebol e médico conversaram por videoconferência nesta quarta-feira para planejar esse retorno das atividades.