Na reapresentação dos jogadores do Atlético, marcada para o próximo dia 7, na Cidade do Galo, uma cara nova, porém com ligação extrema com o clube, estará em campo buscando se firmar no time de Roger em 2017. O atacante Rafael Moura, revelado na Vila Olímpica, no início do século, volta ao clube de coração e espera, finalmente, cair nos braços da Massa.

Aos 33 anos, o atacante, que disputou a Série A pelo Figueirense, foi acionado pela diretoria e retorna à cidade-natal para ser utilizado caso Lucas Pratto ou Fred sejam negociados. Com isso, Moura seria um “step” extra no elenco.

A expectativa da própria diretoria do Atlético, inclusive, é que o argentino seja vendido para aliviar o caixa do clube. Com interesse do Palmeiras e, principalmente, de clubes do exterior, dificilmente o camisa 9 permanecerá no clube nesta temporada.

No caso de Fred, apesar do alto salário, a proposta recebida de um clube chinês – sem valor divulgado – não mexeu com a cabeça de jogador e clube. Artilheiro do Brasileirão, com 14 gols – ao lado de Willian Pottker e Diego Souza –, o camisa 99 deverá ser a referência do ataque atleticano nas principais competições.

Desempenho
Com a camisa do Figueirense, Rafael Moura, ou “He-Man”, fez 40 jogos e marcou 14 gols. Contratado pelo Atlético no final de 2015, ele foi utilizado como moeda de compensação financeira, junto com o meia Dodô, na vinda de Clayton para a Cidade do Galo.

Na ocasião, Moura acabou preterido pelo ex-técnico uruguaio Diego Aguirre, que comunicou ao diretor de futebol Eduardo Maluf que não iria utilizá-lo no grupo alvinegro. Atacante e treinador já haviam trabalhado juntos no Internacional.

Até que enfim vou ficar na minha cidade e realizar meu sonho”

 

Caso seja aproveitado desta vez, o belo-horizontino espera pela sequência que não teve quando subiu ao time principal há 13 anos. Naquela época, ele realizou apenas dois jogos com a camisa atleticana, antes de ser negociado com o Vitória.

Sonho antigo

Pressionado há muito tempo por amigos e familiares a defender o Galo, o atacante, inclusive, postou numa de suas redes sociais uma foto com a bisavó, dona Aracy, na qual ambos vestiam a camisa do time de coração.

No primeiro dia de atividades na Cidade do Galo no ano, além de Moura, o lateral-esquerdo Danilo, contratado junto ao América, e o zagueiro Felipe Santana, que estava no futebol russo, também pisarão pela primeira vez no gramado do Centro de Treinamentos de Vespasiano.

Por outro lado, Edcarlos, Dátolo, Júnior Urso e Leandro Donizete, que não renovaram contrato com o Atlético, vestirão outras camisas na temporada.

A expectativa é que outros reforços sejam anunciados nos próximos dias.

rafael moura