A ofensividade não foi a principal característica de trabalho dos últimos treinadores que comandaram o Cruzeiro na última temporada.

De Adilson Batista a Felipão, passando por Enderson Moreira e Ney Franco, todos adotaram uma linha de armação de equipe que priorizava uma maior proteção ao sistema defensivo, em detrimento a um futebol mais solto no setor ofensivo.

Entretanto, se depender do técnico Felipe Conceição, apresentado nesta quarta-feira (3), na Toca da Raposa II, a característica do time celeste será diferente nos próximos campeonatos.

“O perfil de um time que a gente quer montar é um perfil vitorioso. Perfil de time que jogue pela vitória o tempo todo, fora ou dentro de casa. Isso também é do meu estilo de jogo”, disse Felipe. 

Mesmo com a diferença de filosofia em relação aos seus antecessores, que ajudaram a montar o atual elenco, Conceição afirmou que é possível que os jogadores se adequem à maneira com que ele acredita ser a melhor para alcançar as vitórias.

“Lógico que a gente respeita a característica dos atletas, mas a construção de jogo cabe em qualquer perfil de atleta. Basta o atleta querer se adaptar. Tenho certeza que os atletas do Cruzeiro vão querer comprar a ideia e se adaptar, porque é uma ideia vitoriosa, já foi demonstrado isso, enfim. Vamos trabalhar, é um processo, não é de um dia para o outro. É necessário construir isso dentro do Cruzeiro, e vamos construir no dia a dia de treinamento”.

Na mesma linha do novo comandante, o presidente da Raposa, Sérgio Santos Rodrigues, também afirmou que um dos motivos que o levou a contratar Felipe Conceição foi essa predileção do comandante por um time mais ofensivo.  

“Eu como sempre falei, como torcedor de arquibancada do Cruzeiro, citei para o Felipe a expressão, e a saudade que a gente tem, que é aquela “Rápido e rasteiro, como o ataque do Cruzeiro”. Isso é uma coisa que queremos resgatar, que é do DNA do clube. Um clube que propõe jogo, vai pra frente. Acho que todas essas características já estavam englobadas no que o Felipe demonstrou nos outros trabalhos dele’, disse o mandatário, também durante a apresentação do treinador.

Novo estilo

O novo comandante da equipe celeste vai ter o primeiro contato presencial com o elenco no dia 15 de fevereiro, quando os jogadores voltam de um período de férias.

Apesar do pouco tempo para preparar a equipe para estreia no Campeonato Mineiro, marcada para o dia 8 de fevereiro, diante do Uberlândia, às 10h, no estádio Parque do Sabiá, Conceição quer implementar o seu estilo de jogo já para o Estadual.

“No Campeonato Mineiro teremos um espaço curto de preparação, quase que pegar o carro andando. Mas estou acostumado, porque fiz no América, no Guarani, no Bragantino. Vamos procurar acelerar o processo de crescimento da equipe dentro do Mineiro para encontrar um padrão de jogo. Que a identidade seja percebida. É isso que estamos buscando e vai nos trazer as vitórias".