Deputado estadual pelo PDT e um dos presidentes do conselho gestor do América, Alencar da Silveira Jr. traz no currículo também a gradução em jornalismo. Em férias em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, o dirigente/político recebeu para um almoço em seu apartamento o atacante Richarlison, negociado no início da semana com o Fluminense. O encontro durou até o anoitecer.

Matando saudade dos tempos de Rádio Capital, onde apresentava o programa Num Poste de Rua e exercia a função de repórter esportivo e político, Alencar aproveitou a visita do prata da casa do Coelho para - literalmente - entrevistá-lo. Foi um bate papo descontraído, cheio de perguntas sem interrogação e até errando o nome do atacante em uma delas.

Confira a mini entrevista do presidente do América com o novo jogador do Fluminense:

Alencar: Fim de temporada no América...

Richarlison: Queria agradecer a toda comissão técnica e diretoria, que me acolheram muito bem. Agradecer a esta torcida maravilhosa. Espero voltar um dia. Meus companheiros me ajudaram bastante nesta caminhada. Agora é trabalhar firme, porque a luta continua. Parabéns ao América pela Série A e vamos continuar trabalhando porque vai dar tudo certo.

Alencar: Qual é o sentimento do menino Richardson dentro do América? Como foi a convivência com a meninada e qual o recado que você deixa para aqueles que sonham em seguir a mesma trajetória? Você vai sair agora e correr o mundo...

Richarlison: Quando eu estava na fase ruim, eles me deram força. Com ela, pude evoluir bastante. No profissional agradeço a todos; Claudinho (Cláudio Prates), Givanildo e aos jogadores que me ensinaram dentro e fora de campo.

Alencar: E o puxão de orelha da presidência?

Richarlison: Normal né? (risos)

Alencar: Ao pessoal da imprensa...

Richarlison: Ao pessoal da imprensa nem se fala né? Eles pegaram leve comigo e não fizeram perguntas difíceis.