O presidente santista Modesto Roma Júnior está decidido a manter Robinho de vez na Vila Belmiro (o empréstimo termina no meio do ano), e por isso vai embarcar segunda-feira que vem para Milão para conversar com os dirigentes do Milan.

"Se não achasse viável contratar o Robinho nem perderia meu tempo viajando para a Itália. É viável, sim, e vamos fazer o possível para contratá-lo. O Robinho é um jogador muito importante para o nosso grupo", ressaltou.

Outro jogador de que o presidente não abre mão para a disputa do Campeonato Brasileiro é o atacante Ricardo Oliveira, artilheiro isolado do Paulistão com dez gols. Mas neste caso a situação é bem mais tranquila, porque a renovação do contrato (que vence em maio) está muito bem encaminhada.

"Nós queremos ficar com o Ricardo e ele quer ficar no Santos. É só sentar e assinar, não tenho dúvida de que ele continuará com a gente", ressaltou o dirigente, garantindo que nunca se preocupou com os rumores de que São Paulo e Palmeiras estavam interessados em contratar o centroavante. "O Carlos Miguel Aidar e o Paulo Nobre ligaram para mim e disseram que não tentariam contratar o jogador. Nunca tive receio de perder o Ricardo."