cruzeiro, wagner pires de sá, sérgio santos rodrigues

Depois de a Justiça acatar pedido de arresto cautelar nas contas de ex-dirigentes para bloquear quase R$ 7 milhões, como antecipou o Hoje em Dia, Sérgio Santos Rodrigues, atual presidente do Cruzeiro, voltou a mandar recado para Wagner Pires de Sá, ex-presidente do clube. 

Rodrigues disse para o ex-cartola cuidar de sua conta bancária, porque o Cruzeiro tentará restituir "cada centavo" que entende ter direito. 

"A gente conseguiu sim uma ordem de arresto de R$ 6,8 milhões nas contas de Wagner Pires de Sá e Itair Machado. Eu falei para o Wagner, olha no espelho antes de falar de má-fé para cima do Cruzeiro, e agora olha suas contas também, vamos tirar centavo por centavo dela para trazer o dinheiro do torcedor de volta", disparou. 

A lide que envolve o Cruzeiro, seus ex-dirigentes e a Futgestão, empresa de um dos antigos membros da diretoria, começou com o processo que o clube moveu na tentativa de bloquear R$ R$ 6.861.243,06 das contas dos citados. A Justiça, em primeiro momento, entendeu que o pedido liminar dos advogados da Raposa não poderia ser atendido. Mas em segunda instância a decisão foi favorável ao clube estrelado.

Em suas defesas, tanto Wagner Pires de Sá quanto Itair Machado, alegaram "má-fé" do Cruzeiro. O Hoje em Dia publicou toda essa discussão em primeira mão.

Por isso esse discurso de Sérgio Santos Rodrigues quanto ao dinheiro que foi supostamente desviado do clube. 

"O dinheiro que eu colocava no Cruzeiro, que você (torcedor) colocava no Cruzeiro contribuindo, que foi desviado. Agora posso afirmar isso porque tem peça da polícia. Nós vamos pegar centavo por centavo. Parece que tem apartamento que tem gente morando que não é da pessoa não, esse apartamento é da torcida do Cruzeiro. Vamos chegar lá também", garantiu.

Sérgio Santos Rodrigues disse ainda que a atual gestão brigará bastante para recuperar tudo o que é do clube. "Essas pessoas não terão paz enquanto essa gestão estiver aqui. Vamos atras de tudo que foi tirado de você. Você, torcedor, é o maior patrimônio do Cruzeiro. Vamos pegar tudo de volta, pode ter certeza", finalizou. 

A reportagem tentou contato com os advogados que defendem Wagner Pires de Sá e Itair Machado no processo movido pelo Cruzeiro. No entanto, até a publicação desta matéria não recebemos respostas ou retorno da ligação telefônica.