A sequencia de cinco jogos sem vencer, aliada a um desempenho ruim em campo, fazem com que o técnico Enderson Moreira passe por um momento de intensa pressão no comando do Cruzeiro.

O revés por 1 a 0 diante do Brasil-RS, nessa quarta-feira (2), no estádio Bento Freitas, em Pelotas, pela 7 ª rodada da Série B faz com que as cobranças em relação ao trabalho do treinador sejam ainda maiores.

Prejudicado por ter que começar o torneio com menos seis pontos, em função de uma punição imposta pela Fifa, o time celeste ocupa atualmente a 16ª colocação, com quatro pontos, mesma pontuação do Guarani-SP, que neste momento abre o Z-4 por ter menos vitórias do que a Raposa (1 a 3).

Após começar o campeonato com três vitórias seguidas, o Cruzeiro caiu de rendimento e chegou a terceira derrota nos últimos quatro jogos pela Série B.

Em entrevista coletiva após o confronto em Pelotas, o comandante da Raposa avaliou o início do time na competição e voltou a lamentar a crise administrativa, econômica e institucional que o clube atravessa desde o ano passado.

"Assim, sinceramente, acho que não é vergonhoso para uma equipe, em 21 pontos, fazer 10 no início da competição. A gente lamenta a perda de pontos, a crise financeira. Ano passado foi lição para todos, a equipe começou bem, fase boa, Copa do Brasil, título do Campeonato Mineiro, infelizmente terminou como rebaixamento, onde o clube foi devastado não só dentro, mas fora. Tiraram muita coisa do clube", completou o treinador.

Apesar dos recentes resultados ruins, Enderson afirmou que viu evolução na equipe e elogiou o desempenho do time na primeira parte do confronto com o Xavante.

"É um momento extremamente difícil para todos nós porque infelizmente não temos mantido o rendimento durante toda a partida. Às vezes o adversário cria uma situação e faz o gol, a gente cria, sei lá, dez, vinte e não consegue fazer. É ter consciência daquilo que precisa ser melhorado, mas a gente não pode não ver o que foi construído na primeira etapa em termos de jogo, de ofensividade, de buscar o resultado, de querer esse resultado, e infelizmente ele não aconteceu".

A Raposa vai buscar a reabilitação na Série B diante do CRB, na próxima segunda (7), às 20h, no Mineirão, em duelo válido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.