Neste domingo, às 16h, a partida entre Palmeiras e Atlético, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 23ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, promoverá o quinto encontro de Rodrigo Santana, comandante alvinegro, com Mano Menezes, agora treinador palmeirense, mas que nos cinco duelos anteriores estava dirigindo o Cruzeiro. Pressionado e com o cargo em risco, o técnico atleticano tem como desafio buscar uma nova história neste duelo de professores.

Apesar de nos cinco clássicos em que Santana e Menezes se enfrentaram em 2019, cada um tenha vencido duas vezes, com um jogo terminando empatado, quando se recorre a história de cada confrontos, percebe-se que o ex-cruzeirense leva a melhor na temporada.

Rodrigo Santana estreou como treinador do Atlético, embora na época ainda como interiono, pois Levir Culpi tinha sido demitido apenas três dias antes, em 14 de abril, sendo derrotado por 2 a 1 pelo Cruzeiro, no Mineirão, na partida de ida da decisão do Campeonato Mineiro.

No dia 20, ficou muito próximo da taça, mas um gol de Fred, de pênalti, aos 34 minutos do segundo tempo, decretou o 1 a 1 no Independência e o título cruzeirense, com Mano Menezes levando a melhor.

Goleada

Em 11 de julho, os dois treinadores iniciaram novo mata-mata, novamente com o primeiro jogo no Gigante da Pampulha. Eram as quartas de final da Copa do Brasil. O Cruzeiro já estava mergulhado na crise que segue, embora agora com mais intensidade, mas o clima ruim parece ter feito mal ao Atlético, que entrou em campo desconcentrado, sem conseguir competir em condições de igualdade com o rival e acabou goleado por 3 a 0.

Na volta, no Independência, em 17 de julho, os 2 a 0 do Galo, que teve grande atuação, foram insuficientes para impedir a classificação cruzeirense. O Horto foi palco de novo duelo entre Rodrigo Santana e Mano Menezes em 4 de agosto, no clássico mineiro pelo turno do Brasileirão.

Foi a única vez em que o treinador atleticano levou a melhor, vencendo por 2 a 0, resultado que afundou ainda mais o Cruzeiro na crise.

Agora, quem joga contra a crise é Rodrigo Santana, pois um resultado negativo no Allianz Parque, na tarde deste domingo, pode até mesmo decretar o fim da sua história no comando técnico do Atlético.

Times

Na tentativa de ver o Atlético reagir no Brasileirão, onde perdeu sete das últimas oito partidas, o técnico Rodrigo Santana pode promover mudanças importantes no seu time, tanto na maneira de jogar como em relação a jogadores.

Durante a última semana ele testou a formação com três zagueiros: Leonardo Silva, Maidana e Igor Rabello. A defesa teve ainda outra alteração, com o garoto Guga ganhando na lateral direita a vaga de Patric, que esteve muito mal na derrota de 2 a 1, de virada, para o Vasco, na última quarta-feira (2), no Independência, em partida adiada da 21ª rodada.

Com a entrada de mais um zagueiro, que neste caso é Leonardo Silva, o meia Cazares, que está mal técnica e fisicamente, deixa a equipe. O capitão Réver, com uma lesão muscular, desfalca o Atlético mais uma vez diante do Palmeiras. Rodrigo Santana tem ainda a dúvida entre Nathan, que vem sendo titular na vaga de Jair, machucado, e Zé Welison, que tem maior poder de marcação.

No Palmeiras, a única dúvida de Mano Menezes, que suspenso pelo terceiro cartão amarelo não ficará no banco de reservas, com Sidnei Lobo comandando o time à beira do campo, é entre Gustavo Scarpa e Lucas Lima como o armador da equipe. No comando do ataque, Borja ganhou a disputa e começa jogando contra o Atlético.

A FICHA DO JOGO

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa (Lucas Lima); Dudu, Willian e Borja.
Técnico: Mano Menezes

ATLÉTICO
Cleiton; Guga, Maidana, Léo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Nathan (Zé Welison), Elias, Otero e Luan; Di Santo.
Técnico: Rodrigo Santana

HORÁRIO: 16h
LOCAL: Allianz Parque
CIDADE: São Paulo
MOTIVO: 23ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Rafael Traci, auxiliado por Henrique Neu Ribeiro e Alex dos Santos, todos de Santa Catarina
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
TRANSMISSÃO: Globo e Premiere