Após vencer o Cerro Porteño, do Paraguai, nessa quarta-feira (20), em Assunção, e garantir por antecipação a liderança do Grupo H da Copa Libertadores, o Atlético muda o foco para a final do Campeonato Mineiro.

Neste sábado, o Galo enfrenta o América, às 16h30, no Mineirão, no segundo jogo da decisão do torneio. A partida de ida terminou empatada em 0 a 0, no Independência.

Dono da melhor campanha da fase classificação do Estadual, o Alvinegro tem a vantagem de atuar por um novo empate para garantir o título.

Entretanto, o atacante Keno, autor do gol da vitória sobre o Cerro, afirmou que o time não vai se escorar na vantagem no Gigante da Pampulha.

“A gente não pode ficar em cima desse empate. Temos que jogar para ganhar. Sabemos que o time do América é muito forte, organizado, e que eles vão tentar vir para cima para tentar fazer o gol", disse o camisa 11, em entrevista às mídias oficiais do Galo, nesta quinta, ainda em Assunção.

O atacante também fez questão de elogiar o Coelho, e dar seu prognóstico para o clima da finalíssima do Mineiro.

“Sabemos que é um jogo difícil contra o América, que é um time organizado. Mas temos que pensar no título, como eles também pensam. Vai ser um jogo muito forte, muito competitivo. Que a gente possa sair campeão”.

Fim do jejum

Acionado no segundo tempo no Paraguai, Keno comemorou o fim do jejum de gols, que durava oito partidas.

“Todo jogo a gente vai se dedicando, dando o seu melhor. Sabemos que atacante vive de gol, mas eu jogo para a minha equipe, pelo grupo. Uma hora ia sair o gol. Fico tranquilo porque tenho apoio do meu grupo, que me dá muita confiança”.

Com Keno na delegação, e já pensando no Coelho, o Atlético retorna ao Brasil na tarde desta quinta-feira.