O Campeonato Brasileiro vai chegando ao fim e a 37ª rodada reservou um confronto especial entre alvinegros. A partir das 19h30 desta quarta-feira (4), Atlético e Botafogo entram em campo, no Mineirão, e buscam os três pontos visando disputar a Copa Sul-Americana em 2020.

Com 45 pontos, três a mais que os visitantes, os donos da casa precisam de uma vitória simples para conquistar a vaga na competição internacional, da qual foi eliminado nas semifinais neste ano. O Fogão, por sua vez, apesar de figurar na zona de classificação, ainda tem o Fluminense como concorrente direto nesta briga; o Ceará, que busca fugir do rebaixamento, ainda tem chances matemáticas de pegar a última vaga.

Na última atividade antes do confronto, o técnico Vagner Mancini fez mistério e a imprensa não pôde acompanhar o treinamento. Com isso, não se sabe se o comandante promoverá muitas alterações em relação à equipe que derrotou o Corinthians no último domingo (1).

Apesar de ter sinalizado que o goleiro Victor, recuperado de lesão, ainda jogará em 2019, Cleiton deve ser o titular nesta quarta. O dono da camisa 1 pode ser acionado na última rodada, contra o Internacional.

Na zaga, Mancini pode promover a entrada do experiente Leonardo Silva, que vai pendurar as chuteiras ao fim da temporada. O ex-capitão, de 40 anos, pode ser escalado para fazer a despedida em Belo Horizonte. Caso isso ocorra, ele deverá atuar ao lado de Igor Rabello, indo Réver para o banco de reservas.

Na lateral-esquerda, sem Fábio Santos, suspenso, o treinador pode optar pela improvisação de Patric - colocando Guga na direita - ou acionar os jogadores de origem, Lucas Hernandez e Hulk.

Na atividade desta terça-feira (3), última antes do jogo, o meia Luan esteve em campo, de tênis, e provavelmente não participou do treino tático.; com isso, pode ser visto como dúvida.

Com isso, o provável time para encarar o Botafogo é: Cleiton (Victor); Patric (Guga), Igor Rabello, Réver (Léo Silva) e Hernandez (Patric ou Hulk); Zé Wellison, Jair, Marquinhos, Cazares, Luan (Otero) e Di Santo.

Botafogo

Já a equipe carioca, comandada por Alberto Valetim, não terá o meio-campista Alex Santana, suspenso. Vindo de derrota, em casa, para o Internacional, os alvinegros não terão o meia Bocheca como opção imediata, já que está no departamento médico.

Para encarar o Galo, Valentim deve sacar o lateral-esquerdo Yuri, titular contra os gaúchos. Para a vaga, Lucas Barros deve assumir a posição. O zagueiro Gabriel, que pertence ao Atlético, não entrará em campo também. 

O lateral-direito Marcinho, que entrou no segundo tempo contra o Inter, está 100% recuperado de lesão, ocupa a vaga de Fernando.

Com isso, o provável time para enfrentar o Atlético é: Gatito, Marcinho, Marcelo, Carli e Lucas Barros; Cicero, João Paulo e Léo Valência; Luiz Fernando, Rhuan e Diego Souza.

Com 42 pontos, o Botafogo ocupa a 14ª posição no Campeonato Brasileiro. Sem risco de rebaixamento e com bastante desgaste físico, o time, de acordo com jornalistas locais, chega à capital mineira com um certo relaxamento, mesmo ainda buscando a vaga na Sul-Americana. 

Ficha Técnica:
ATLÉTICO X BOTAFOGO

Motivo: 37ª Rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Horário: 19h30
Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden, auxiliado por José Eduardo Cauza  e Jorge Eduardo Calza
VAR: Rodrigo Guarizo

ATLÉTICO: Cleiton (Victor); Patric (Guga), Igor Rabello, Réver (Léo Silva) e Hernandez (Patric ou Hulk); Zé Wellison, Jair, Marquinhos, Cazares, Luan (Otero) e Di Santo.
Técnico: Vagner Mancini

BOTAFOGO - Gatito, Marcinho, Marcelo, Carli e Lucas Barros; Cicero, João Paulo e Léo Valência; Luiz Fernando, Rhuan e Diego Souza. 
Técnico: Alberto Valentim