Embalado pela classificação para a semifinal da Copa Libertadores, conquistada com a vitória por 3 a 0 sobre o River Plate, da Argentina, na última quarta-feira (18), o Atlético volta o foco para o Campeonato Brasileiro.

Líder com 37 pontos, e com uma série de nove vitórias seguidas na competição, o Galo enfrenta o Fluminense, nesta segunda, às 20h, no estádio São Januário, pela 17ª rodada da competição.

Para o duelo com o Tricolor das Laranjeiras, o técnico Cuca tem duas dúvidas. Substituídos durante o duelo com o River com dores musculares, o lateral-direito Mariano e o volante Jair têm a presença incerta para os próximos jogos. A dupla passou por exame de imagem e os resultados devem ser divulgados ainda neste fim de semana.

Caso sejam vetados, Guga e Tchê Tchê, acionados no meio de semana, aparecem como principais candidatos a iniciar jogando no Rio de Janeiro.

Ausente na Libertadores por estar suspenso, o meia Nacho Fernández volta a ficar à disposição da comissão técnica. A dúvida gira em torno de quem sairia do time para a volta de Nacho. Nesse caso, Savarino e Vargas estão ameaçados de perder um lugar no onze inicial.

Em uma formação mais ofensiva, especialmente caso Jair efetivamente fique de fora, o comandante alvinegro pode recuar Zaracho para fazer a dupla de volantes com Allan, promover a volta de Nacho e manter os três atacantes.

Apresentado nesta semana, o atacante Diego Costa já tem condições legais de jogo, mas deve esperar um pouco mais para estrear, já que vem de praticamente oito meses de inatividade, e precisa aprimorar a forma física.

Como três dias depois do duelo pelo Brasileirão, Galo e Flu vão se enfrentar no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, também em solo carioca, é possível que Cuca preserve algum jogador por questão física.

Fluminense

Na 15ª posição, com 17 pontos, a apenas dois da zona de rebaixamento, o Fluminense chega para encarar o Atlético em um momento bastante conturbado.

Além da má colocação no Brasileiro, resultado de quatro derrotas seguidas na disputa, o Tricolor da Laranjeiras vem de uma eliminação nas quartas de final da Copa Libertadores, para o Barcelona de Guayaquil, e demitiu o técnico Roger Machado na última sexta.

Efetivado como novo treinador da equipe carioca, o ex-auxiliar permanente do clube, Marcão, vai ter problemas para escalar o time nesta segunda.

O meia Paulo Henrique Ganso fraturou braço direito no duelo no Equador e deverá passar uma cirurgia no local.

Outra baixa durante o duelo com o Barcelona foi o volante Yago Felipe, que sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo e ficará de fora dos próximos jogos.

Juntam-se a eles no departamento médico, o volante Hudson, em recuperação de cirurgia no joelho direito, e os atacantes Caio Paulista e Gabriel Teixeira, com lesões musculares nas coxas direita e esquerda, respectivamente.

Em compensação, Marcão poderá contar com o atacante Lucca, de volta após cumprir suspensão na derrota por 4 a 2 para o Internacional, na última rodada do Brasileirão, e com o volante Nonato, ausente do jogo no Beira-Rio por força contratual.

Para o lugar de Ganso, o experiente Nênê e o ex-jogador do Galo, Cazares, são os principais candidatos à vaga.

Já para a vaga de Yago, Wellington e Nonato disputam um lugar na equipe, caso a formação com três volantes seja mantida. Se a opção for um time mais leve, como ocorreu em parte do segundo tempo do confronto em Guayaquil, o jovem atacante Kayky tem boas chance de entrar no time.

FICHA DO JOGO

ATLÉTICO

Everson; Mariano (Guga), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair (Tchê Tchê), Zaracho e Nacho; Eduardo Vargas (Savarino) e Hulk.

Técnico: Cuca

FLUMINENSE

Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio; André, Martinelli, Wellington (Nonato ou Kayky) e Nenê (Cazares); Luiz Henrique e Fred.

Técnico: Marcão

DATA: 23 de agosto de 2021 (segunda-feira)

HORÁRIO: 20h

LOCAL: São Januário

CIDADE: Rio de Janeiro (RJ)

MOTIVO: 17ª rodada do Campeonato Brasileiro

ARBITRAGEM: Flavio Rodrigues de Souza (FIFA), auxiliado por    Neuza Ines Back (FIFA) e Alex Ang Ribeiro. Trio de São Paulo

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-FIFA), também de São Paulo

TRANSMISSÃO: Sportv e Premiere