Se não bastasse a conturbada semana, recheada de protestos da torcida na sede do clube e na Toca da Raposa, este sábado (14) reserva um compromisso complicadíssimo para o Cruzeiro. A Raposa vai até São Paulo enfrentar o Palmeiras, comandado por um velho conhecido, Mano Menezes.

Após eliminações na Copa do Brasil e Libertadores, Palmeiras e Cruzeiro têm o foco total voltado para o Campeonato Brasileiro. O que diferencia os dois “Palestras” é a meta almejada no Brasileirão. Enquanto o Porco ainda briga pelo título, a Raposa tem como objetivo fugir da zona de rebaixamento.

Na 16ª colocação, três pontos a frente do Fluminense, clube que abre o Z-4, o Cruzeiro precisa apenas de um empate na capital paulista para encerrar a 19ª rodada e, consequentemente, o primeiro turno, fora da zona da degola.

Já o Palmeiras é o terceiro colocado da competição e pode aproveitar o confronto entre Santos e Flamengo para encostar no Rubro Negro ou até mesmo ultrapassar o Peixe, em caso de vitória sobre o Cruzeiro.

Recém-chegados em seus novos clubes, Rogério Ceni e Mano Menezes vão escalar o que têm de melhor em seus elencos. O técnico cruzeirense, inclusive, vai poder contar com o lateral Orejuela, que volta ao time titular após atuar pela seleção colombiana.

Confira as prováveis escalações para a partida deste sábado

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez (Luan), Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Ramires) e Gustavo Scarpa; Willian, Dudu e Luiz Adriano. Técnico: Mano Menezes

Cruzeiro: Fábio; Orejuela, Fabrício Bruno, Léo e Dodô (Egídio); Henrique e Ederson (Adriano); Robinho, Marquinhos Gabriel e David (Pedro Rocha); Fred. 
Técnico: Rogério Ceni

Desfalques: Edilson (não viajou com a delegação) e Dedé (lesionado)

Motivo: Campeonato Brasileiro (19ª rodada)
Data: 14/9/2019 (Horário: 19h)
Estádio: Allianz Parque
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Auxiliado por: Bruno Boschilia e Victor Hugo dos Santos, ambos do PR
VAR: Paulo Roberto Júnior (PR)
Transmissão: Canal Premiere

*Hugo Lobão sob supervisão de Thiago Prata