A sequência do Atlético pós-Copa do Mundo se repete neste segundo turno. Agora, é o Palmeiras pela frente, neste domingo, às 17h. O duelo da 33ª rodada é a chance de Levir Culpi vencer pela primeira vez no retorno ao Galo. Do outro lado, o Palmeiras lidera de forma absoluta o Brasileirão. Com Felipão, é uma invencibilidade de 16 jogos, 17 no total.

O Galo vem de derrota para o Grêmio, e com a torcida pressionando para a permanência no G-6, algo que está na berlinda justamente nesta rodada, após sequência de 22 jogos na zona de classificação à Libertadores. São cinco jogos sem vitória, um outubro macabro e um início de novembro preocupante. O Independência estará cheio, pressionado por um triunfo.

Do lado alvinegro, Levir Culpi deve manter a espinha dorsal da equipe que não convence. A única peça que não poderá estar em campo é Matheus Galdezani, que recebeu o terceiro amarelo diante do Grêmio. O volante Zé Welison, assim como seus pares Lucas Cândido e Gustavo Blanco, segue no DM. O Atlético, por outro lado, tem a volta de Luan - suspenso no último sábado - e Cazares podendo voltar a ser titular. A presença do equatoriano segue como a única dúvida.

Já o líder Palmeiras também não tem a escalação 100% confirmada. O ex-atleticano Marcos Rocha, por exemplo, voltará ao Horto pela primeira vez como adversário do clube de coração e pode herdar a vaga na lateral-direita, disputando-a com Jean. Felipão ainda precisa definir o companheiro de Edu Dracena na zaga - está entre Antônio Carlos e Luan; além de confirmar se Felipe Melo joga ou não.

Atlético x Palmeiras
Campeonato Brasileiro: 33ª rodada
Local: Independência
Horário: 17h (de domingo)

Atlético
Victor; Emerson, Léo Silva, Maidana e Fábio Santos; Adilson e Elias; Luan, Cazares (Terans) e Chará; Ricardo Oliveira. 
Técnico: Levir Culpi.

Palmeiras
Weverton; Jean (Marcos Rocha), Antônio Carlos (Luan), Edu Dracena e Victor Luis; Thiago Santos (Felipe Melo), Bruno Henrique, Moisés, Gustavo Scarpa e Guerra; Borja.
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO), auxiliado por Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Bruno Raphael Pires (GO).
TV:
Premiere