A torcida do Atlético aposta nos jogos em casa para minimizar as oscilações do time no Campeonato Brasileiro. Do outro lado, o América estará no próprio campo, desta vez como visitante, para tentar voltar a vencer depois de cinco jogos. Para ambos, é um momento de tirar o carro da garagem e movimentar-se na tabela de classificação.

Neste domingo (14), alvinegros e alviverdes seguem estacionados no Brasileirão. Para o Atlético, é momento de defender a sexta colocação, na qual seguirá ao fim desta 29ª rodada, independentemente do que acontecer no Horto, às 19h. É a posição que ocupa desde o empate sem gols com o Cruzeiro, há quatro partidas. 

Com 45 pontos, o time de Thiago Larghi precisa vencer para ameaçar o quinto colocado Grêmio e ter maior segurança na vaga da Libertadores 2019. O time terá a volta de Ricardo Oliveira, além de Cazares - ambos estavam com fadiga muscular no fim de semana passado. A dúvida é entre Leandrinho e Andrade para substituir Chará, na seleção da Colômbia. Iago Maidana volta de suspensão para devolver Gabriel ao banco. Além disso, José Welison dará lugar a Adilson no meio de campo. 

“O América é um adversário de jogos difíceis. É uma equipe, com o Adilson Batista, bastante estrategista. Temos que encarar com seriedade de respeito, impor nosso estilo de jogar, com muita entrega. Precisamos muito desse resultado”, avalia o técnico.

Já o América, que não vence desde 6 de setembro (2 a 1 no Vasco) está há três rodadas no 13º lugar e tem maior risco no confronto de logo mais. Com 32 pontos, poderá terminar a rodada na zona de rebaixamento até mesmo se empatar. Para não voltar ao Z-4 (no qual esteve somente uma vez até o momento), é preciso “secar” Vasco, Ceará, Bahia e Chapecoense.

O Coelho terá uma nova dupla de volantes, já que Leandro Donizete - referência do Atlético campeão em 2013 e 2014 - e Wesley estão suspensos. Além disso, João Ricardo fica em estado de alerta, por não ter treinado na quinta-feira. Caso o goleiro não possa jogar, será substituído por Fernando Leal. No ataque, Rafael Moura e Luan brigam por vaga. 

“Para nós, é importante a vitória para que continuemos em busca da pontuação para o grande objetivo do ano, que é a permanência”, pondera Adilson Batista, treinador do Coelho. Perguntado sobre os quatro clássicos entre Atlético e América disputados neste ano (vitórias alvinegras em todos eles) e, concordando com o pensamento do rival Larghi, ele garante que o passado não terá peso para este novo encontro no Independência.

“Alguns jogadores não estavam aqui, como eu também não estava. Queremos vivenciar só o momento atual”, concluiu.

FICHA DO JOGO
Atlético: Victor; Patric, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Adilson, Cazares e Elias; Luan, Tomás Andrade e Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi

América: João Ricardo (Fernando Leal); Aderlan, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Juninho, David, Zé Ricardo e Gerson Magrão; Ruy e Luan (Rafael Moura).
Técnico: Enderson Moreira

Motivo: 29ª rodada do Brasileirão
Dia: 14 de outubro
Horário: 19h
Local: Independência
Arbitragem: Flavio Rodrigues de Souza, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti Camargo. Trio de (SP)
Transmissão: Premiere