Internado há cerca de uma semana, Pelé passou por altos e baixos durante sua atual estadia no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, mas está melhor. Segundo o boletim médico divulgado nesta terça-feira (2), o Rei do Futebol amanheceu com quadro clínico estável e deixou a unidade de terapia intensiva (UTI).

O craque segue no mesmo leito que ocupava, mas em suas melhores condições desde quinta-feira, quando passou a estar na UTI. Pelé tem evoluído bem nos últimos dias e permanece lúcido. Passou por avaliação clínica e laboratorial nesta quinta-feira, mas não foi necessário retomar o trabalho específico de suporte renal.

Após dar entrada no Hospital Albert Einstein há oito dias, com um quadro de infecção urinária, Pelé foi deslocado para a UTI em decorrência de complicações na filtração do sangue, visto que não reagiu bem ao tratamento por ter tido o único rim sobrecarregado.

Apesar do resultado satisfatório nos últimos exames, o eterno camisa 10 ainda não possui previsão de transferência para o quarto, tampouco de alta médica.