"Eu não gosto de jogar neste horário, nunca gostei. Nunca consegui passar o dia bem após os jogos das 11h, sempre com dor de cabeça, passando mal. Já deixei isso claro. Temos treinado de manhã para ver se adapta. Quem perde é o espetáculo, com o calor muito grande". As palavras do lateral-esquerdo Fábio Santos traduzem bem o que o Atlético vai encarar no próximo domingo (15), contra o Internacional.

Com os termômetros ultrapassando os 30ºC durante a semana, o alvinegro se prepara para o desafio do fim de semana com treinos marcados para a parte da manhã até o dia anterior à partida. Para se ter ideia, na atividade desta quinta-feira (12), a temperatura no Campo 1 da Cidade do Galo chegou a 44ºC, enquanto os atletas trabalhavam no gramado.

Por meio de suas redes sociais, Otaviano Oliveira Júnior, médico do Atlético, fez uma enquete e, ao registrar os 40ºC, questionou: "Você acha que precisa ou não do intervalo de hidratação num jogo de futebol, às 11 horas, nestas condições?".

Atlético e Internacional se enfrentam pela última rodada do turno do Campeonato Brasileiro. O duelo, no Independência, terá sabor especial para os alvinegros, que precisam acabar com a série de quatro derrotas na competição.

dsfdsfsdf