cruzeiro, raposa, ariel cabral

 

A torcida do Cruzeiro está insatisfeita com o desempenho do time na Série B do Campeonato Brasileiro e a nova derrota na competição, desta vez para o Avaí, em casa, desencadeou inúmeras críticas. Inclusive aos atletas, dentre esses o volante Ariel Cabral, um dos mais contestados.

Titular na derrota por 1 a 0 para os catarinenses, o argentino disse que é preciso mais do que vontade para retomar o caminho das vitórias. O meio-campista pediu desculpas ao torcedor por mais resultado negativo na competição.

“Não adianta a gente ter só vontade, precisamos de mais coisas. Peço desculpas em nome de todo o grupo ao torcedor. Na verdade eu não sei o que falar. Não estamos conseguindo, estamos tentando, trabalhando, mas precisamos de muito mais, todo mundo, tanto dentro, como fora de campo. É uma situação muito difícil, porém temos que acreditar e ter fé. Novamente peço desculpas ao torcedor que sempre está nos apoiando”, disse, em entrevista à TV Cruzeiro após o jogo.

A luta do Cruzeiro, atualmente, para a tristeza da torcida, é contra o rebaixamento. O time, que já fez 11 jogos, está na 16ª colocação com apenas oito pontos.

Para Ariel Cabral é preciso levantar a cabeça para tentar dar a volta por cima nesse momento de dificuldade.

“Isso nunca vai faltar: trabalho e empenho. Porém, precisamos de muito mais do que isso. Fazer os gols e trabalhar os detalhes. Agora, precisamos trabalhar para o próximo jogo. O futebol é assim. Infelizmente estamos passando por uma fase muito ruim, mas estamos todos juntos para tentar ganhar o próximo jogo”, comentou.

O próximo compromisso do Cruzeiro na Série B do Campeonato Brasileiro é contra a Ponte Preta, na quarta-feira, às 19h15, no Mineirão.