A novela policial envolvendo o atacante francês Karim Benzema ganhou um importante capítulo nesta terça-feira (10), quando a rádio "Europe 1", de Paris, divulgou a transcrição de uma suposta conversa ao telefone entre o jogador do Real Madrid e um amigo de infância. Na conversa, Benzema conta como tentou convencer o seu companheiro de seleção francesa Mathieu Valbuena a pagar para que chantagistas não divulgassem um vídeo erótico no qual o meia aparece.

Pelo que Benzema relata no papo com o amigo, o atacante teve acesso ao vídeo, tanto que ele conta a Valbuena que é possível, na gravação em vídeo, ver suas tatuagens. Benzema relata que disse ao meia: "Se quiser que o vídeo seja destruído, meu amigo (o chantagista) vai te ver em Lyon".

A polícia francesa, que chegou a manter Benzema detido por uma noite em Versalhes na semana passada, gravou as três ligações feitas pelos chantagistas a Valbuena no dia 6 de outubro. Também a conversa entre o atacante e o amigo teria sigo gravada com fins de investigação.

Por isso, após a divulgação da transcrição do áudios, o advogado de Karin Benzema, Sylvain Cormier, avisou que vai processar a rádio. De acordo com ele, a emissora violou a confidencialidade da investigação oficial.

Benzema está sendo acusado de "cumplicidade em chantagem" e "associação criminosa para cometer um delito com pena de pelo menos cinco anos de prisão". Se condenado, o atacante do Real Madrid pode ficar cinco anos preso.