Eram 31 minutos do segundo tempo, o Atlético perdia para o Atlético-GO por 2 a 1, no Serra Dourada, pelo Brasileirão, e Réver empatou o jogo, que depois o Galo viraria, com um golaço, de bicicleta. Isso foi em 2 de outubro de 2010, e este foi o primeiro gol do zagueiro com a camisa alvinegra.

Dez anos depois, Réver volta a encarar o Dragão, em Goiânia, neste sábado (19), às 21h, no Estádio Olímpico, com a chance de fazer história. Isso porque um gol o separa da condição de zagueiro que mais balançou a rede na história do Campeonato Brasileiro.

arte

Atualmente, com 33 tentos, o último deles domingo (13), nos 2 a 1 sobre o Bragantino, ele divide esse posto com seu maior parceiro de zaga, Leonardo Silva, com quem formou de 2011 a 2014, a dupla chamada de Torres Gêmeas. Como o ex-companheiro já aposentou, Réver tem o caminho livre.

Assim como existe a curiosidade de Réver poder se tornar o zagueiro com mais gols na principal competição nacional contra o adversário que levou seu primeiro pelo Galo, há uma também relativa a Leonardo Silva.

Seu último gol pelo Atlético, o 33º no Brasileiro, foi sobre o Santos, de Sampaoli, em 20 de outubro do ano passado, no Independência.

Decisivos

No vice-campeonato brasileiro do Atlético, em 2012, o time comandado por Cuca marcou 64 gols nos 38 jogos. Leonardo Silva e Réver balançaram a rede seis vezes, cada, totalizando 12. Isso é 19% do que foi marcado pela equipe.

No ano anterior, quando o Galo escapou do rebaixamento na penúltima rodada, foram dez gols da dupla, sendo seis de Léo Silva e quatro de Réver. Isso de um total de 50, o que dá um percentual de 20% das bolas na rede para a dupla de zagueiros.

Réver está na sua 13ª edição da Série A, e só não marcou em uma, em 2013, pelo Atlético. De 2005 a 2019, Leonardo Silva disputou o Brasileirão 15 vezes. Só não balançou a rede em 2010, pelo Cruzeiro, quando fez quatro partidas.

Considerando os gols pelo Galo, em todas as competições, Leonardo Silva tem uma boa vantagem sobre o ex-companheiro. Ele é o maior zagueiro-artilheiro da história do clube, com 36 gols. Réver tem 28.

arteCLIQUE PARA AMPLIAR