Faltam três dias para o início da trajetória do Cruzeiro na Série B do Campeonato Brasileiro. Ou seja, faltam três dias para a Raposa começar a construir uma história bem diferente daquela que foi escrita na temporada passada. Agora com Felipe Conceição no comando, o time estreia no sábado (29), às 16h30, contra o Confiança, no Batistão, no primeiro passo rumo ao tão sonhado acesso à elite nacional.

E caberá a Rômulo a missão de ditar o ritmo do meio-campo da equipe na competição, na busca pelo objetivo que é o de integrar o G-4.

"Chegou o grande momento da temporada. Sabemos da importância da Série B para o Cruzeiro neste momento. A gente vai ter que colocar toda a força que a gente tem e não tem para conseguir o acesso, que é o nosso principal objetivo. Estamos numa crescente, nos preparando bem para a competição e confiantes em estrear com o pé direito. Temos a certeza de que lá para dezembro todos estaremos comemorando nosso grande objetivo”, opinou o atleta.

No entanto, ele reconhece que a vaga para a Série A só virá por meio de muito suor e garra e, nem sempre, na técnica.

"Muitos jogos serão decididos no detalhe. E até times, teoricamente, no papel, com um nível técnico um pouco abaixo que o Cruzeiro ou de outra equipe grande que vai disputar a Série B, complicam muitos jogos. Então temos que estar conscientes de que a Série B vai ser difícil. Não é só na técnica ou no peso da camisa que se ganha, a gente vai ter que ralar muito e correr mais que os adversários”, disse.

Cruzeiro