O goleiro Rafael foi oficialmente apresentado como novo reforço do Napoli nesta quinta-feira. Em seu primeiro contato com a imprensa e a torcida italiana, o jogador, que deixou o Santos por 5 milhões de euros (cerca de R$ 15,4 milhões), não escondeu que espera ter no clube uma vitrine para voltar à seleção brasileira e disputar a Copa do Mundo do ano que vem.

"O Napoli é uma grande oportunidade para mim, para chegar à Copa do Mundo. Estou num grande time que pode me dar satisfação e visibilidade. Vi um grupo muito unido que me acolheu muito bem e é composto por muitos jogadores de qualidade. Tenho certeza de que seremos competitivos em todas as frentes", declarou.

Para isso, no entanto, o goleiro precisa se firmar como titular. E a tarefa não será fácil, já que o Napoli tem para a posição o veterano Morgan De Sanctis, que vai para a quinta temporada consecutiva na equipe e é dono absoluto da posição, sendo convocado diversas vezes para a seleção italiana.

Mesmo assim, Rafael confia que conquistará a titularidade. "O Napoli é um clube de nível mundial e eu estou aqui para ser titular", disse o brasileiro. "O Rafa Benítez (técnico) sabe minhas qualidades. Viu-me várias vezes no Santos, me queria aqui. Então é o treinador que vai decidir quem vai jogar. Eu preciso de muito trabalho e errar pouco."

Confiante em seu potencial, Rafael garantiu estar pronto para atuar no Campeonato Italiano. "Eu amadureci muito rápido no futebol. Comecei a jogar muito novo na equipe principal e tenho muitos jogos já, apesar de ter só 23 anos. Tenho a experiência para ser desfiado em um Campeonato da Europa", comentou.