Nesta segunda-feira, o torcedor do América vive a ressaca de um domingo triste, que poderia ter tido um desfecho feliz caso a bola do pênalti de Luan tivesse aberto o placar no Maracanã contra o Fluminense. Derrota de 1 a 0 e algo a explicar. Porque Rafael Moura não foi pra marca da cal?

O jogador, amargando o quinto e recordista rebaixamento no futebol brasileiro, se justificou no Instagram. Em longa postagem, disse que Luan é um dos batedores de pênalti no América, ainda que Rafael Moura seja o número um. Para He-Man, foi um ato de humildade ceder a cobrança ao companheiro e queria vê-lo na figura de herói, também pelas cobranças que o ponta sofre da torcida.

Com o erro de Luan, o América sofreu um gol logo depois, e de forma azarada, falhou na marcação do gol salvador do Fluminense, e ainda errou uma chance clara para se redimir.

Veja o texto de He-Man no Instagram:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Eu realmente sou o batedor oficial, mas todo clube tem dois ou três batedores, e o Luan é um desses aqui no América. Na hora, num ato de humildade, ofereci a cobrança para o Luan, que se mostrou bastante confiante. Por tudo que fez ano passado, por ser uma pessoa do bem, importantíssimo pro grupo e muito cobrado pelo torcedor, imaginei merecer mais o “heroísmo”. Naquele momento, o mais importante não era "quem", mas, sim, o gol. Perder pênalti acontece, poderia ter sido eu o cara a errar a cobrança. O que gostaria de deixar claro é que não faltou vontade de nenhum dos jogadores e, justamente por isso, não adianta julgar ninguém, nem eu e muito menos o Luan, que tentou fazer o gol que poderia livrar o América do rebaixamento. . Este foi um ano de muita dificuldade, de muita entrega e de muito aprendizado. Aceitei o desafio, no início da temporada, ciente de tudo o que estava envolvido e no que dependesse de mim eu iria ajudar. O que fica hoje é um sentimento de decepção e de muita tristeza pelo grupo, pela torcida e pelo clube, que merece, sim, construir uma história na Série A, pois tem todas as condições para isso. Só posso agradecer o apoio do torcedor, que brigou junto, permaneceu ao nosso lado e acreditou até o final. O ano não terminou como gostaríamos, mas levarei pra sempre o carinho que recebi nesta temporada! Muito obrigado!

Uma publicação compartilhada por Rafael Moura (@rafamoura09) em