Há um longo caminho pela frente, mas o início de trajetória de Jorge Sampaoli pelo Atlético teve um saldo positivo, em uma partida que reservou alguns sabores especiais a muitos atletas. Nos 3 a 1 em cima do Villa Nova, no Castor Cifuentes, nesse sábado (14), Di Santo ganhou uma nova oportunidade e foi o responsável pelo gol que inaugurou esta nova fase do time, Savarino anotou seu primeiro tento pelo Galo, e Rafael debutou com a camisa alvinegra, no jogo que ele próprio considerou como o “mais importante de sua vida”.

“Sempre falo que o próximo jogo é o mais importante e que a gente tem que fazer o melhor. Estou feliz pela estreia e agradeço aos companheiros que me acolheram. Me senti em casa desde o primeiro dia. Vou continuar trabalhando para ajudar em mais partidas”, destacou o arqueiro.

Atlético

Savarino

Os últimos confrontos do Galo reservaram momentos especiais para o meia-atacante Savarino. Depois de três duelos sem comemorar vitórias e entrando no decorrer dos jogos, o venezuelano fez, nos 2 a 1 em cima do Cruzeiro, sua primeira partida como titular, e, nesse sábado, celebrou sua primeira bola na rede pelo alvinegro.

Com Savarino em campo, o Atlético soma duas vitórias, dois empates e uma derrota, sendo que o atleta foi titular nos dois triunfos da equipe.

Baixas

Se por um lado Di Santo e Savarino deixaram suas marcas, os outros dois atletas do quadrado ofensivo titular, Ricardo Oliveira e Hyoran, perderam chances incríveis ao longo do embate. O Pastor, inclusive, desperdiçou uma cobrança de pênalti no segundo tempo.