Apesar de jogar mal boa parte dos 90 minutos, o Real Madrid derrotou o Granada, por 4 a 2, neste sábado (5), no Santiago Bernabéu, em Madri, pela oitava rodada do Campeonato Espanhol. Com isso, o time continua na liderança, agora com 18 pontos. O time visitante segue com 14.

O Real Madrid deu a impressão de que iria esmagar o Granada, após Benzema abrir o placar logo aos dois minutos de jogo, ao receber lindo passe de trivela de Gareth Bale. Mas o anúncio foi falso. Aos poucos, o time merengue entrou em um ritmo lento, com destaque negativo para o belga Hazard, pouco visto em campo.

A sorte do time de Zinedine Zidane foi o fato de o Granada não repetir as boas atuações do início do campeonato, que o colocaram em segundo lugar na classificação. Com isso, o Real aproveitou e conseguiu o segundo gol no último lance dos primeiros 45 minutos. Lançado, Hazard usou de sua categoria para tocar por cima do goleiro Rui Silva: 2 a 0.

A segunda etapa começou faltosa, catimbada e com muita reclamação dos jogadores em cima da arbitragem. Aos 16, Modric acertou um lindo chute de fora da área para ampliar a vantagem do Real. Mais uma vez parecia que o time da casa poderia deslanchar, mas não foi o que aconteceu.

Aos 22, o goleiro Alphonse Aréola cometeu pênalti bobo, muito bem convertido pelo venezuelano Darwin Machis. Aos 31, após escanteio e desvio na primeira trave, o português Douglas Duarte fez o segundo do Granada. Pronto. A tensão tomou conta do Santiago Bernabéu.

O Granada ganhou confiança para tentar o empate, mas se descuidou na defesa. Em um contra-golpe mortal, aos 47 minutos, o canhoto James Rodríguez, que havia entrado aos 38, fez o quarto, de pé direito e definiu a vitória. O jogador chegou a tirar a camisa para festejar e levou o cartão amarelo.

Em outro jogo da rodada, o Levante derrotou o Leganés, fora de casa por 2 a 1, chegou aos 11 pontos, na nona colocação. O time da casa é o lanterna, com apenas dois pontos.