Após perder por 4 a 1 para o Fluminense no sábado pelo Campeonato Brasileiro, os jogadores do Cruzeiro, que ganharam dois dias de folga, se reapresentaram na Toca II em um clima de apreensão nesta terça-feira (21). 

Por causa da possibilidade de protesto de torcedores, houve grande movimentação de policiais na entrada da Toca II. Na verdade, pouco mais de uma dezena de membros da Torcida Pavilhão Independente compareceram ao CT estrelado, e de forma pacífica a intenção da turma era entregar uma carta de apoio aos jogadores. 

Os membros da Pavilhão entregaram a carta ao chefe da segurança do Cruzeiro, já que nenhum atleta parou para conversar. 

Quatro viaturas da Polícia Militar com aproximadamente 12 policiais faziam a segurança durante a chegada dos jogadores. 

Quando os carros dos atletas passavam pelos torcedores, havia movimentação dos torcedores: “dá um sangue, joga com raça”, diziam alguns dos presentes.