Histórico. Rebeca Andrade é a primeira ginasta do Brasil a subir ao pódio em Jogos Olímpicos. Na manhã desta quinta-feira (29), a atleta conquistou a medalha de prata no individual geral da ginástica artística, em Tóquio.

Com uma nota de 43.632, Rebeca ficou atrás apenas da americana Sunisa Lee, que levou o ouro. Com 43.566, Vladislava Urazova, do Comitê Olímpico Russo, foi bronze.

Além do 13.666 no solo, modalidade que encerrou a disputa, a brasileira obteve 15.300 (salto), 14.666 (assimétricas), 13.566 (trave).

Um dos pontos altos da apresentação de Rebeca foi justamente no solo, em que a brasileira voou ao som da música tupiniquim, Baile de Favela.

A grande ausência da prova foi a da estrela americana Simone Biles, que desistiu da disputa para priorizar a saúde mental. Biles, inclusive, foi flagrada pela transmissão torcendo pela brasileira no ginásio. 

A mais nova medalhista do Brasil ainda tentará voltar ao pódio nas disputas do solo e no salto.

Com a prata da ginasta, o Brasil agora tem sete medalhas, sendo uma de ouro, três de prata e três de bronze.