Uma das novidades na reapresentação do Cruzeiro na última segunda-feira (15), na Toca da Raposa II, foi o centroavante Zé Eduardo.

Sem oportunidades com a camisa celeste, o jogador ingressou com uma ação na Justiça do Trabalho contra a Raposa, na segunda quinzena de janeiro, cobrando verbas trabalhistas que estavam em atraso e pedindo a rescisão unilateral do vínculo. O valor da causa ultrapassava os R$2 milhões.

Após a Justiça indeferir o pedido de liminar para o rompimento do contrato, as partes teriam uma audiência marcada para fevereiro.

Entretanto, o atacante chegou a um acordo com o clube estrelado, retirou o procedimento e foi reintegrado ao elenco comandado pelo técnico Felipe Conceição.

No consenso, a cúpula e a comissão técnica azul se comprometeram a dar mais oportunidades ao jogador.

Na primeira entrevista às mídias oficiais da Raposa, neste retorno, Zé destacou o papel do diretor de futebol, André Mazzuco, para a reviravolta de sua situação no clube estrelado.

“O Mazzuco me ligou. Só tenho a elogiar esse cara, ele me abriu muito a minha mente. Graças a Deus já está tudo resolvido, estou muito feliz de estar de volta. Que a gente possa olhar para frente e conquistar nossos objetivos. Foi um pouco precipitado (a ação), mas como eu disse aqui, o Mazzuco me abriu muito a mente, e graças a Deus conseguimos resolver esses problemas”, disse o jogador.

Em recente entrevista ao Hoje em Dia, o irmão do centroavante, Erus Eduardo, um dos responsáveis em gerir a carreira do atleta, já havia comentado sobre a participação do executivo na resolução do caso.

“Sentimento maravilhoso”

Formado na base do clube, o jogador de 21 anos foi reintegrado ao elenco celeste em setembro do ano passado, pelo então técnico Ney Franco, após bom desempenho nos empréstimos a Villa Nova e América-RN.

No time potiguar, o jogador vinha de uma sequência de cinco gols nos cinco jogos que havia disputado.

No primeiro semestre, Zé também havia deixado boa impressão no período em que esteve cedido ao Villa, marcando quatro gols nos cinco jogos que disputou, sendo que iniciou jogando em apenas um deles.

Entretanto, apesar dos bons números, Zé Eduardo foi acionado em apenas um jogo da Série B, em que atuou pouco mais de 20 minutos.

Com as pendências sanadas, o centroavante comemorou a nova oportunidade de fazer parte do elenco da Raposa.

“É um sentimento maravilhoso. Estou muito alegre, feliz em estar nesse clube centenário. Que a gente possa fazer um ano maravilhoso e colocar o clube de volta na elite do futebol brasileiro”.