O América não conseguiu a permanência na elite do futebol brasileiro para 2019. Queda para a Série B que provocou uma reformulação no elenco de Givanildo Oliveira. Muitas saídas de jogadores, mas quem permaneceu ficará com a missão de fazer valer o voto de confiança. É o caso do atacante Wesley Pacheco.

Contratado no decorrer da temporada passada, fez cinco jogos, tendo ficado apenas no banco nas últimas sete rodadas. Agora, é hora de achar mais espaço no time neste começo de 2019, ainda que a concorrência tenha apenas mudado de rosto.

"Cheguei no decorrer da competição e isso claro que atrapalha. Pulei da série D, como goleador do Caxias para a série A. Uma ascensão muito rápida. Fiz bons treinos, nos jogos em que tive a oportunidade dei meu máximo, mas acabei não tendo muita sequência de jogo e sempre quando entrava eram poucos minutos. Fiz apenas um jogo como titular. Agora fazendo a pré temporada, acho que posso acrescentar ainda mais e ajudar o América com muitos gols" , disse o jogador.

Wesley Pacheco agora lutará para jogar mais vezes com Givanildo, que terá como reforços Felipe Azevedo, Neto Berola e Junior Viçosa no setor ofensivo do América. Ele foi titular apenas uma vez, diante do Corinthians, e foi sacado no intervalo, ainda com Adilson Batista.