A comemoração antecipada do título brasileiro divide os jogadores do Corinthians. Um dia depois de Vagner Love revelar que alguns atletas estavam planejando dar volta olímpica, sábado, em caso de vitória sobre o Coritiba, o meia Renato Augusto disse nesta quarta-feira (4) ser contra fazer festa no Itaquerão.

"Como vai dar volta olímpica se não é campeão? Tem de respeitar o Coritiba, que vive um momento difícil. Vai ser um jogo extremamente difícil. Os piores jogos são contra times que estão brigando para não cair", disse Renato Augusto.

Restando cinco rodadas para o fim do Brasileiro, o Corinthians lidera com 73 pontos, 11 a mais do que o Atlético. Para ser campeão no fim de semana, o time precisa vencer o Coritiba e torcer no domingo para o rival mineiro não bater o Figueirense, em Florianópolis.

Renato Augusto também lamentou o fato de a CBF não ter transferido o jogo do Corinthians para domingo. "Queríamos comemorar o título ao lado do nosso torcedor. Acho que não acreditavam que a gente iria vencer o Atlético e, por isso, não colocaram os dois jogos no mesmo horário", disse.

Ao lado de Jadson e Vagner Love, o meia não participou da treino desta quarta-feira. O trio ficou na academia fazendo trabalho de reforço muscular. "O ano tem sido muito desgastante. Estou chegando no meu limite físico", explicou.

Cássio sentiu um mal estar após comer frutos do mar e não participou do treino. O goleiro, no entanto, não preocupa para o jogo de sábado e deve treinar normalmente nesta quinta-feira.