A turbulenta situação vivida pelo Cruzeiro politicamente e a péssima situação dentro de campo também estão influenciando a arquibancada. Os últimos jogos no Mineirão ficaram marcados pelo clima tenso existente no Setor Amarelo do Gigante da Pampulha, onde ficam localizadas a Máfia Azul e a Pavilhão Independente, maiores organizadas do clube. Por isso, a diretoria cruzeirense promoveu uma reunião entre as duas torcidas na manhã desta quarta-feira (16), com o intuito de evitar confusões na partida contra o São Paulo.

Discordantes em relação ao momento político do clube, as duas protagonizaram cenas de violência nos últimos jogos. Por isso, após a partida contra o Fluminense, na última quarta-feira (9), membros da Pavilhão Independente ficaram retidos nas arquibancadas do Mineirão por alguns minutos, afim de evitar confrontos com a Máfia Azul na saída do Setor Amarelo.

mafia azul

Após a partida contra o Flamengo, as duas organizadas protagonizaram cenas de violência ao redor do estádio

Apesar da tentativa por parte do Cruzeiro de promover um acordo entre as organizadas, a reunião não terminou com o cessar-fogo esperado entre as torcidas, já que, segundo nota oficial do clube, a Máfia Azul não estaria disposta a aceitar a conciliação neste momento.

Confira a íntegra da nota oficial enviada pelo Cruzeiro

O Cruzeiro Esporte Clube informa que, por sua iniciativa e diante dos fatos ocorridos com frequência nas suas últimas partidas no Mineirão, convocou uma reunião que foi realizada na manhã desta quarta-feira. A mesma contou com a participação de integrantes das torcidas Máfia Azul e Pavilhão Independente, além de um representante da segurança do Clube e da Polícia Militar.

Durante o encontro, mostrou-se aos presentes os danos que as recentes confusões têm causado ao estádio, ao Clube e ao público em geral. Além disso, abordou-se em especial a partida diante do São Paulo, tendo em vista o histórico de conflito entre ambas as torcidas. Temas como o Estatuto do Torcedor e a disciplina que o mesmo deve ter no estádio foram colocados em pauta.

Posteriormente, os representantes da Máfia Azul e da Pavilhão Independente tiveram a oportunidade de discutir entre si, sem interferência dos demais, a fim de entraram em consenso. Porém, a Máfia Azul foi contrária e afirmou que não faria acordo.

Diante disso, o Cruzeiro Esporte Clube está preparando uma representação que vai ser feita junto ao Ministério Público, já se precavendo de qualquer incidente que possa vir a acontecer.

Em nota oficial, Máfia Azul e Pavilhão Independente também se pronunciaram sobre a reunião