Não faltam alfinetadas em clássicos, antes, durante e após os jogos. Não foi diferente no Independência. Na saída do gramado, o meia Robinho celebrou a classificação do Cruzeiro à próxima fase da Copa do Brasil, ressaltando que, para ele, a Raposa jogou mais. E ainda “desdenhou” o segundo gol do Atlético, marcado por Patric, visivelmente emocionado em sua comemoração.

“A gente aproveitou a vantagem que construiu no primeiro jogo. Eles (Atlético) fizeram o segundo gol no desespero, não foi nada trabalhado... Para, né”, declarou o armador.

Para o meia celeste, não há dúvida que o Cruzeiro mereceu a vaga às semifinais da competição.

“Não é um alívio. O clássico tem seu peso. Estou no Cruzeiro. Se a gente fosse eliminado seria algo estranho, porque estamos chegando sempre. Acho que nos 180 minutos fomos melhores. O que vale é ganhar no saldo total. E a torcida ficou gritando ‘eu acredito’ mais uma vez”, alfinetou.

Por fim, rebateu as críticas de que a Raposa teria ficado na retranca na partida de volta, vencida pelo Atlético por 2 a 0 – os celestes se classificaram por terem ganhado a ida por 3 a 0. “Esse é nosso estilo de jogo, é mais defensivo. Pecamos nas finalizações. Eu perdi duas, porque caíram na perna esquerda”, disse.