A 24ª rodada do Campeonato Brasileiro apresenta um cardápio com vários ingredientes para os times mineiros. Tem jogo cercado de tensão para o Cruzeiro e o Atlético encarando o líder da competição como um franco-atirador.

Além disso, a rodada pode ter um time "mais líder do que nunca". Dependendo da combinação de resultados, o Flamengo pode disparar na competição e abrir oito pontos de vantagem sobre o segundo colocado.


Tensão azul

O Cruzeiro tem um duelo tenso contra o Fluminense, nesta quarta-feira, às 21h30, no Mineirão. Sem vencer há seis jogos no Brasileirão, a Raposa ocupa a 18ª colocação e, mesmo se derrotar o time carioca, não deixará a zona de rebaixamento. 

Mesmo assim, um resultado que não seja a vitória pode complicar de vez a vida da Raposa no campeonato. Isso porque o Tricolor das Laranjeiras, concorrente na briga contra o rebaixamento, poderia abrir até oito pontos de diferença sobre o time celeste. Para muitos torcedores, o duelo contra o Fluminense é encarado como um dos poucos fios de esperança na luta contra o descenso. 

Torcida gaúcha

Os cruzeirenses terão que torcer para os times gaúchos nesta rodada. Isso porque Grêmio e Internacional enfrentam Ceará e CSA, respectivamente – concorrentes da Raposa na luta contra o rebaixamento. 

Sem vencer há nove jogos, o Ceará é o dono do pior jejum de vitórias nesta edição. Com a sequência de resultados negativos, o Vozão caiu para a 16ª posição com 23 pontos. Se o timecomandado por Adilson Batista perder para o Grêmio, nesta quarta-feira, às 21h, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, e o Cruzeiro derrotar o Fluminense, a Raposa se iguala em número de pontos em relação à equipe cearense, mas ficaria atrás na classificação por causa do critério número de vitórias. 

Os cruzeirenses também torcem contra o CSA, 17º colocado com 22 pontos. Motivado com a vitória sobre o Avaí na última rodada, o time alagoano recebe o Internacional, também nesta quarta, às 19h15, no Estádio Rei Pelé. 

Galo franco-atirador

Com apenas uma vitória nos últimos oito jogos, o Atlético tem a chamada missão complicada nesta rodada. Encara, simplesmente, o líder Flamengo, quinta-feira, às 20h, no Maracanã. 

Enquanto o Galo tem encontrado dificuldade para vencer as suas partidas, o rubro-negro não sabe o que é derrota há dez jogos – a maior invencibilidade na competição. Outra preocupação atleticana é o poderio ofensivo do adversário. O time alvinegro, que sofreu gol nos últimos 10 jogos do Brasileiro, terá pela frente o dono do melhor ataque disparado da competição - 48 gols marcou o Flamengo. 

Em caso de derrota, o Atlético, 11º colocado com 31 pontos, não será ultrapassado por nenhuma equipe, mas poderá ver a briga por uma vaga na Libertadores cada vez mais distante. 

Flamengo pode disparar

Se o Flamengo derrotar o Atlético e o Palmeiras perder para o Santos, na Vila Belmiro, nesta quarta-feira, às 21h30, o rubro-negro poderá abrir oito pontos de vantagens sobre o segundo colocado, que passaria a ser o Peixe.
 

arte brasileiro

Digite aqui a legenda