Ganhou, mas não levou. Com uma boa atuação, o Atlético venceu o Cruzeiro por 2 a 0, na noite dessa quarta-feira (17), no Independência, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Porém, está eliminado do torneio.

O triunfo do rival por 3 a 0 no primeiro duelo, no Mineirão, foi determinante para o desfecho do confronto. Após a partida dessa quinta, o técnico Rodrigo Santana afirmou que o Galo perdeu a classificação no jogo de ida.

“O que acabamos de conversar no vestiário é que temos que cobrar que essa entrega de hoje seja daí para maior. Hoje, a gente amarga a desclassificação por causa do primeiro jogo. A gente não entrou atento (na partida de ida)”.

Apesar da frustração, Santana afirmou que o rendimento do time nos dois duelos com a Raposa será referência para a sequência da equipe na temporada.

“Serviu para entrarmos assim nos próximos jogos. Temos outra pedreira no domingo, sabemos que temos que permanecer no grupo que se classifica para a Libertadores, a cobrança é essa. Saímos chateados, feridos e vamos levar essa lição para o resto do ano.”

Mudanças

Com a grande desvantagem no confronto, o comandante alvinegro ousou e fez duas alterações no time, em relação aos 11 jogadores que iniciaram jogando na semana passada.

Rodrigo promoveu a entrada de Jair, que normalmente joga de segundo volante, na vaga de Zé Welison, conhecido pela forte marcação, mas que apresenta qualidade de passe inferior ao do companheiro de time.

Outra mudança foi a saída de Luan, xodó da torcida, que deu lugar a Chará. Santana justificou as mudanças e se mostrou satisfeito com a atuação das duas novidades da equipe.

“Optamos pelo Otero, intenso, batida de fora da área, o Jair com mais qualidade na saia de bola, sabíamos que o Cruzeiro viria com as linhas mais baixas, e ambos fizeram uma boa partida. Até pensei em entrar mais ofensivo, mas poderíamos ser contra-atacados. Poderíamos ter saído daqui, mais felizes, classificados”.

Eliminado na Copa do Brasil, o Atlético agora volta o foco para o Campeonato Brasileiro e para a Copa Sul-Americana.

O próximo compromisso do Galo será pelo Brasileiro, contra o Fortaleza, no próximo domingo (21), às 16h, no Independência, pela 11ª rodada do torneio. Pela Sul-Americana, o Atlético enfrenta o Botafogo, na quarta-feira (24), às 21h30, no Engenhão, pelo jogo de ida das oitavas de final da competição.

Leia também:
Cruzeiro presta homenagem ao torcedor do Atlético que morreu durante o clássico
Mano se torna o primeiro técnico a chegar em quatro semifinais seguidas de Copa do Brasil
Festa do 'Eu Acredito' e hino no final: torcida atleticana aplaude time mesmo com eliminação