Três meses após a primeira cirurgia realizada para corrigir um problema agudo de protusão discal o meia Rodriguinho voltou à mesa de operação. 

No domingo o meio-campista foi submetido a outro procedimento operatório, que, segundo o doutor Sérgio Campolina, responsável pelo departamento médico do Cruzeiro, não tem relação com a recente cirurgia realizada nas costas do jogador.

Segundo apurou o Hoje em Dia coube ao mesmo médico responsável pela primeira operação realizar esse novo procedimento. Foi um pedido do próprio Rodriguinho que o ortopedista Cristiano Menezes executasse também a segunda cirurgia. 

Ainda de acordo com a apuração da reportagem, o pedido de Rodriguinho foi analisado e plenamente autorizado pela diretoria cruzeirense. 

O Cruzeiro não divulga oficialmente o prazo de recuperação de Rodriguinho. Entretanto, o jogador só teria condições de jogar uma partida no ano que vem.