O presidente da Roma, James Pallota, confirmou nesta sexta-feira (28) que a camisa 10 do time principal será aposentada assim que o meia Francesco Totti se retirar dos gramados. O jogador italiano é considerado um dos maiores ídolos do clube.

"Assim que Totti parar de jogar, iremos tirar seu número 10 do time. Não há nenhum outro igual a ele. Não será esquecido tão cedo", anunciou o norte-americano em entrevista ao canal de televisão italiano Sky Sport 24.

Aos 37 anos, Totti já é dono dos principais recordes da história do clube. O meia iniciou no futebol em 1992 e, além da seleção italiana, jamais defendeu outro time na carreira.

Em 22 anos de Roma, o jogador é o que mais esteve em campo pelo clube, 698 jogos, sendo 251 a mais que o segundo colocado, Daniele De Rossi. Totti também é o maior artilheiro, com 288 gols no total.