O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, indicou um prazo para que o clube estrelado quite os salários atrasados dos jogadores.

Em entrevista ao Globo Esporte, nesta terça-feira (26), o mandatário confirmou que o débito com os funcionários do clube, não apenas com os funcionários do departamento de futebol, está em R$ 9 milhões.

Pressionado pela insatisfação dos colaboradores, Santos Rodrigues confirmou que os pagamentos estão em andamento.

“Estamos focando no administrativo (funcionários do setor) agora, e os atletas, sobre 2021 (valores atrasados desses ano), essa semana vão ficar (salários) em dia”, disse Sérgio.

Questionado sobre a fonte dos recursos para sanar essas dívidas, o presidente da Raposa preferiu manter o sigilo neste momento. “Assim que divulgarmos a operação, vamos divulgar”.

Mesmo sem adiantar a origem dos recursos para quitar os vencimentos dos funcionários, é sabido que Sérgio Santos Rodrigues vem se reunindo com empresários em busca de receitas para auxiliar o clube estrelado neste momento.

Leia Mais:
Sérgio Santos Rodrigues afirma que renovações de Luxemburgo e Fábio para 2022 estão encaminhadas
Matheus Pereira tem fratura no cotovelo confirmada e desfalca o Cruzeiro na Série B
Giovanni, do Cruzeiro: ‘os goleiros adversários estão defendendo tudo’