Reestruturar o Democrata, fundado em 1914, e torná-lo destaque no futebol mineiro e também com força nacional é o grande objetivo da nova diretoria do time de Sete Lagoas. Atualmente na Segunda Divisão do Estadual e respirando por aparelhos há alguns anos, o Jacaré, ao que tudo indica, não será extinto aos 105 anos.

Para cumprir com os principais objetivos, a nova diretoria executiva do alvirrubro foca em práticas de gestão e áreas de conhecimento e prioriza fazer uma administração baseada na transparência. 

"Resolvemos encarar este desafio. Formamos uma turma de amigos democratenses para reviver o Democrata. Começamos agora em junho e estamos com uma série de ações de reestruturação e recomposição do quadro de sócios. Estamos também fazendo renegociações de dívidas e o trabalho está bem interessante", comenta Renato Augusto Miranda Paiva, diretor administrativo do clube setelagoano, ao Hoje em Dia.

Confira o plano de ação da nova diretoria do Democrata: