Muito perto de alcançar o principal objetivo estipulado desde que retornou ao Cruzeiro, em outubro, que é livrar o Cruzeiro de qualquer risco de rebaixamento, o técnico Felipão já começa a pensar na próxima temporada.

Após a vitória por 1 a 0 sobre o Sampaio Corrêa, no Castelão, nesta sexta-feira (8), o experiente treinador da Raposa revelou o teor da primeira conversa que terá com o novo diretor de futebol do clube, André Mazzuco, que foi apresentado também nesta sexta.

Com contrato com o Cruzeiro até o final de 2022, Felipão não citou nominalmente o problema, mas deixou claro que o novo dirigente terá papel importante para ajudar a sanar o desconforto gerado pelos atrasos salariais no clube.

Nesta sexta, a Raposa chegou a dois meses e meio de vencimentos mensais em aberto, além do pagamento do 13º salário dos jogadores.

"Bem, primeiro tenho que encontrar com o Mazzuco, sentar e definir algumas situações, principalmente que estou vivendo no Cruzeiro. Que o Cruzeiro vive atualmente, situações que ele como diretor de futebol, então, terá que dar uma segurança muito maior e uma série de perguntas que a gente vai fazer a ele", disse Felipão.

Reforços

Com 44 pontos, na 11ª colocação, o time celeste tem riscos mínimos de rebaixamento e acesso. Tal situação, já faz com que Luiz Felipe Scolari já passe a tratar sobre a montagem do elenco para a próxima temporada, junto ao homem forte do futebol do clube estrelado.

" (Vamos) Colocar uma série de nomes para contratações, três, quatro cinco nomes para contratações para o ano que vem, como vamos fazer uma pré-temporada.. E ouvir dele o que ele tem para dizer. Depois, vamos aos poucos, adaptando, conversando, até o fim do campeonato para ver o que vai acontecer", disse Scolari.

O Cruzeiro volta a campo na próxima quarta-feira, para enfrentar o Oeste, às 21h30, no Independência, pela 34ª rodada da Série B.