O clássico entre Cruzeiro e Atlético, disputado no último domingo, ficou marcado pelas cenas de selvageria e barbárie que mancharam o duelo das duas principais equipes de Minas. 

De acordo com a Polícia Militar, 53 indivíduos foram detidos em função das confusões relacionadas ao confronto.

Focos de tumultos foram registrados em vários pontos do Gigante da Pampulha antes, durante e depois da partida. 

No início da tarde, integrantes da Pavilhão Independente e da Máfia Azul, organizadas da Raposa, foram detidos após uma rixa no Anel Rodoviário. 

Tal cenário de hostilidade deixou um o saldo de caos, insegurança, violência, danos ao patrimônio do estádio (inúmeras cadeiras quebradas), e incertezas sobre o futuro do clássico mineiro.

Arte brigas no Mineirão no clássico