Minutos após o América perder o título da Série B no saldo de gols para Chapecoense, o presidente do Coelho, Marcus Salum, se posicionou nas redes sociais. O mandatário do Coelho parabenizou o time catarinense, mas destacou os erros de arbitragem que ele afirma terem acontecido contra a equipe comandada pelo técnico Lisca durante o campeonato.

“Respeitando a Chapecoense, o verdadeiro campeão da Série B é o América. Torcida americana, pode comemorar! A arbitragem brasileira teve mais um gran finale. Depois de anular cinco gols legítimos do América, deu um gol em impedimento que nos tirou o título da Série B”, disse Salum.

De acordo com o ex-árbitro Paulo César de Oliveira, comentarista do canal SporTV, o atacante Getúlio estava em posição em regular no momento em balançou as redes do goleiro Matheus Cavichioli.

Outros erros citados pelo presidente Alviverde ocorreram diante da Ponte Preta, do Oeste, do Cuiabá e da Chapecoense, todos no segundo turno da Série B.

A classificação final do Brasileiro terminou com América e Chapecoense empatados com 73 pontos e 20 vitórias, com o time catarinense levando a melhor no saldo de gols (21 a 20).