O Atlético esteve perto de deixar a Argentina com um bom resultado, e pôr fim a incômoda sequência de derrotas na temporada, que agora chega a cinco jogos.

Entretanto, um gol aos 40 minutos do segundo tempo, sacramentou a virada do Colón, que bateu o Galo por 2 a 1, nessa quinta-feira (19), no estádio Cemitério de Elefantes, em Santa Fé, no jogo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana.

O Alvinegro chegou a sair na frente do marcador com Chará, no primeiro tempo, mas viu Morelo e Rodriguez, na segunda etapa decretarem mais um revés da equipe comandada pelo técnico Rodrigo Santana.

Após o duelo, o comandante alvinegro comentou sobre o desempenho do time, lamentou o empate sofrido logo aos seis minutos do segundo tempo, mas mostrou otimismo para o duelo de volta, marcado para a próxima quinta (26), às 21h30, no Mineirão.

“Fizemos um bom primeiro tempo. Saímos na frente não sofremos tanto. No segundo tomamos um gol muito cedo e a equipe parou de jogar. O adversário cresceu na partida, e não repetimos o que fizemos no primeiro tempo. Tentamos alterar o time, vimos que o rival estava crescendo no jogo, e colocamos maios força e velocidade, mas sofremos o segundo gol. Perdemos, mas temos chances de virar em casa, diante do nosso torcedor”, completou Santana.

Para avançar à decisão do torneio, basta ao Atlético uma vitória simples, por 1 a 0, no Gigante da Pampulha

Um triunfo por 2 a 1 leva a decisão por pênaltis. Caso o Colón marque mais de um gol, o Alvinegro terá que vencer por dois de diferença.

Jair

O jovem técnico do Galo também revelou que o volante Jair, que desfalcou o time nos últimos dois jogos em função de um estiramento no músculo adutor na coxa direita, pode retornar ao time no confronto da próxima quinta.

“Sim (pode voltar), possivelmente Jair esteja voltando. O tratamento dele está sendo feito em cima desse retorno”.

O retorno do volante resolveria um dos problemas a serem administrados por Rodrigo Santana. Sem Jair, Santana tem apenas Zé Welison, que teve a atuação contestada por parte da torcida nos últimos jogos, como especialista da função.

Outra opção seria o Ramón Martínez, mas o paraguaio não está à disposição para os duelos da Sul-Americana, pelo fato de ter jogado o torneio pelo Guaraní-PAR.

Antes de voltar pensar no torneio internacional, o Galo volta a campo na próxima segunda-feira (23), para enfrentar o Avaí, às 20h, no estádio da Ressacada, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.