Na última quinta-feira (12), o atacante Rafael Sóbis opinava sobre o momento da Raposa e a expectativa para o futuro. “Sinceramente acho que o Cruzeiro hoje é bem melhor (que o de 2020) e está sabendo enfrentar a Série B melhor do que no ano passado. O time vem de uma melhora, e vamos buscar ponto a ponto para disputar esse acesso”, disse. O discurso dele será colocado à prova novamente nesta terça-feira (17), às 19h, contra o Náutico, nos Aflitos, pela 19ª rodada.

Aliás, em termos de resultado, o comentário do camisa 10 pode ser posto em xeque se a Raposa não vencer o Timbu nesta noite. Isso porque, se não ganhar, o time mineiro encerrará o turno com uma campanha ligeiramente inferior ao desempenho da primeira metade da competição em 2020. Isso sem contar os seis pontos que os celestes perderam antes mesmo da disputa do torneio da última edição, por conta de uma punição da Fifa.

O Cruzeiro encerrou o turno da Segundona do ano passado com 20 pontos. Nesse período, venceu Botafogo-SP, Guarani, Figueirense, Vitória, Ponte Preta, Operário-PR e Paraná, empatou com Confiança, CRB, Oeste, Juventude e Náutico e foi derrotado para Chapecoense, América, Brasil de Pelotas, CSA, Avaí, Cuiabá e Sampaio Corrêa.

Se não fossem os seis pontos a menos, teria somado 26 ao fim do primeiro turno da edição passada.

Diferentemente da Raposa de 2020, que ganhou sete vezes nas 19 rodadas iniciais, o Cruzeiro 2021 computa somente três vitórias até agora na atual Série B do Brasileiro. A campanha foi construída com triunfos em cima de Ponte Preta, Vasco e Brusque, empates com Goiás, Guarani, Brasil de Pelotas, Coritiba, Botafogo, Vila Nova-GO, Londrina, Vitória e Sampaio Corrêa e reveses para Confiança, CRB, Operário-PR, CSA, Avaí e Remo. Se superar o Náutico, vai a 21.

Reação com Luxa?

Em termos de resultados, o time mineiro ainda não encaixou completamente com Luxemburgo no comando. Em três jogos, foram dois empates e uma vitória, aproveitamento de 55,5%. Para o meia Giovanni, o setor ofensivo está devendo.

“Difícil falar, até pelo que criamos em campo. Enquanto isso, o adversário vai uma vez ao ataque e faz (o gol). Temos que colocar coisas boas na nossa cabeça, chegar e fazer o gol. Não podemos criar tantas jogadas e não fazer tantos gols. É focar na hora de colocar a bola na rede”, disse.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO
Alex Alves; Hereda, Yago, Camutanga e Rafinha; Matheus Trindade, Rhaldney (Djavan) e Jean Carlos; Matheus Carvalho, Caio Dantas e Vinicius
Técnico: Hélio dos Anjos

CRUZEIRO
Fábio; Norberto, Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira; Adriano, Rômulo e Giovanni; Bruno José, Wellington Nem e Rafael Sóbis (Marcelo Moreno)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

DATA: 17 de agosto de 2021 (terça-feira)
HORÁRIO: 19h
LOCAL: Aflitos
CIDADE: Recife (PE)
MOTIVO: 19ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
TRANSMISSÃO: Premiere e SporTV

Cruzeiro

Cruzeiro, de Luxemburgo e Sóbis, tenta chegar a 21 pontos nesta terça-feira