A negociação que pode findar com a ida do lateral-direito Guga para o Spartak Moscou, da Rússia, já tem criado certo clima de despedida na Cidade do Galo. No duelo contra o América, inclusive, o jogador de 21 anos não foi relacionado por Sampaoli e acabou de fora da partida que deu ao Atlético a vaga na final do Campeonato Mineiro.

Porém, mesmo sem poder entrar em campo, Guga foi ao Independência e, ao lado de membros da diretoria, acompanhou a vitória por 3 a 0 in loco. 
Perguntado sobre esta possibilidade de saída do grande amigo, o lateral-esquerdo Guilherme Arana destacou que fará muita falta ao elenco.

“Tenho acompanhado por meio da imprensa, e parece estar bem encaminhado. O Guguinha é um dos meus melhores amigos. Ele faz falta, porque é o cara da resenha, que coloca música no vestiário e no ônibus. Ontem mesmo sentimos falta disso. Se o martelo bater, vou ficar muito feliz. É um cara que trabalha bastante. Se Deus quiser, dará tudo certo para ele e para a família. E que seja feliz em outro clube também”, disse Arana.

De acordo com informação trazida em primeira mão pelo jornalista Léo Gomide, da 98FM e Band Minas, e confirmada pelo Hoje em Dia, o Spartak ofereceu cerca de 4,5 milhões de Euros (R$ 28 milhões) por Guga. O Galo, no caso, tem direito a 75% deste montante. O restante vai para o Avaí. As tratativas devem ser concluídas ainda durante esta semana.