Quando entrar em campo para encarar o Vasco, no próximo domingo (14), o Cruzeiro quebrará um hiato de duas semanas sem atuar pelo Campeonato Brasileiro; tudo pelos compromissos que teve pelas Copas Libertadores e do Brasil. O último jogo pela Série A aconteceu em 30 de setembro, na derrota por 3 a 1 para o Palmeiras, na Arena do alviverde paulista.

Focado na decisão da Copa do Brasil na próxima quarta (17), contra o Corinthians, o técnico Mano Menezes deve utilizar a equipe alternativa em São Januário, palco da goleada por 4 a 0, quando celestes e cruz-maltinos se enfrentaram na maior competição das Américas, em maio deste ano. Aquele duelo foi válido pela quinta rodada do Grupo E. Dos autores dos gols, Léo e Thiago Neves não devem ir a campo; Sassá, por sua vez, pode ser acionado pelo comandante; ele deixou sua marca duas vezes na casa do Vasco.

Leia mais:
Suspenso por seis jogos pelo STJD, Sassá poderá enfrentar o Vasco neste domingo

O confronto de domingo, válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, será o quarto entre as duas equipes em 2018. Dois deles, no Mineirão, terminaram empatados. O empate sem gol foi pela fase de grupos da Libertadores; o 1 a 1 pela 10ª rodada do Brasileirão.

Caso figure entre os titulares no Rio de Janeiro, o goleiro Fábio completará 799 partidas pelo Cruzeiro. O jogo 800, tão esperado, aconteceria justamente na decisão da semana que vem contra o Corinthians, quando a Raposa pode se tornar hexampeã da copa do Brasil.

Com 27 jogos realizados até o momento - a partida contra o Ceará foi remarcada para o final do mês -, o time mineiro ocupa atualmente a nona colocação da Série A, com 37 pontos conquistados.