América ou Cruzeiro? Para o técnico Cuca, tanto faz. Qualquer que seja o adversário do Atlético na decisão, o treinador promete que sua equipe fará de tudo para sair vencedora e ele mesmo conquistar seu quarto título em seu quarto Campeonato Mineiro.

“Primeiro objetivo era chegar às semifinais; o segundo, à final; e o terceiro objetivo é vencer (o Estadual). Tomara que a gente tenha êxito na final. Não adianta escolher esse ou aquele. A final será difícil contra qualquer um dos dois”, afirmou.

O oponente da decisão será conhecido neste domingo (9), quando Coelho e Raposa se enfrentam no Independência. O Alviverde venceu a partida de ida por 2 a 1 e pode até perder por um gol de diferença para enfrentar o Galo na final. A Raposa busca um triunfo por dois ou mais tentos de saldo.

“Se for o Cruzeiro, vamos jogar para ganhar. Se for o América, vamos jogar para ganhar. A gente vai se preparar o máximo possível para vencer. O time que for não terá jogo no meio da semana, e nós vamos intercalar com partidas da Libertadores. Por isso foi importante mesclar hoje (sábado)”, comentou o técnico alvinegro, referindo-se à formação alternativa que o Atlético teve no empate em 1 a 1 com o Tombense.

Cuca foi campeão mineiro em 2011, pelo Cruzeiro, batendo o Atlético na decisão; em 2012, com o Galo em cima do América; e m 2013, novamente pelo Alvinegro, vencendo a Raposa.