O Atlético vem tomando algumas medidas durante a paralisação provocada pelo coronavírus. Uma delas diz respeito à redução salarial de 25% a jogadores, membros da comissão técnica e diretoria, até que as atividades sejam restabelecidas. Em entrevista à Rádio 98FM, o mandatário alvinegro destacou que aquele que não estiver satisfeito com isso, poderá deixar o clube.

“Em primeiro lugar, eu penso em defender o clube, não fico muito preocupado se o atleta chiou ou não chiou, se o funcionário chiou ou não chiou. Se alguém estiver insatisfeito, pode comunicar que a gente faz o desligamento, não tem problema algum. O que eu tenho que defender em primeiro plano é o Clube Atlético Mineiro”, declarou o presidente.

Sette Câmara ressaltou que ainda poderá haver alguns cortes dentro da agremiação. E isso significa também demissões.

“Cada área do clube vai ter que ter reajuste. Estou falando dos clubes de lazer, alguma coisa no CT, alguma coisa até no elenco se for o caso, alguma coisa na sede... Temos que buscar ao máximo possível enxugar a folha sem comprometer o clube pelo seguinte: à medida que você demite alguém, tem o pagamento de encargos, de toda a rescisão contratual. Não vamos dispensar funcionário e deixar de pagar a rescisão”, disse.

Além de ser a favor do isolamento social, afirma que “no Brasil, a ficha não caiu para muita gente”. E classificou tal período como “dramático” para as finanças do Galo.

“Minha obrigação como mandatário do Atlético e gestor responsável que sou é tomar todas as medidas necessárias para a sobrevivência do clube, tendo em mente não prejudicar a grande maioria dos trabalhadores e colaboradores do clube. Essa nossa medida (da diminuição de salários) preservou o piso de R$ 5 mil reais e, dentro dessa decisão, alcançamos então 77% dos nossos funcionários sem nenhum tipo de redução. Depois, temos um escalonamento que atinge 4% mais uma faixa, depois mais 4% atinge outra faixa. Mas, enfim, reduzindo o máximo do percentual em 25% que atinge, na verdade, os maiores salários e não todos os salários”, comentou.

Atlético