SSC Dragon

Mineiro foi destaque no teste para novatos realizado no circuito de Marrakech

Sérgio Sette Câmara não abandonou de forma alguma o sonho de ser mais um brasileiro no Mundial de F1 mas, antes disso, pode ter a chance de estrear em outra categoria que vem ganhando projeção no automobilismo internacional. O mineiro, além de piloto de testes da Red Bull e da AlphaTauri (e substituto eventual de um dos titulares, em caso de necessidade), também cumpre a mesma função na equipe Geox Dragon da Fórmula E, categoria para monopostos com motorização elétrica.

A Dragon, equipe norte-americana comandada por Jay Penske (filho de Roger Penske) não contará com um de seus pilotos para a reta final da temporada 2019/2020, em três rodadas duplas disputadas em Berlim a partir do dia 5. O neozelandês Brandon Hartley deixou o time, o que abre possibilidade para Serginho em dois dos três eventos. Ele também disputa, este ano, a Superformula japonesa, tradicional ponto de passagem para vários pilotos que chegariam ao circo em seguida. Antes da pausa geral pela pandemia, o mineiro participou, no Marrocos, de um treino para novatos organizado pela Fórmula E, e ficou com a segunda marca, em seu primeiro contato com o equipamento.

Leia a matéria completa no Racemotor, o portal da velocidade, parceiro do Hoje em Dia: http://abre.ai/bl3a